Receptor decodificador padrão DVB MPEG-2. Equipamento utilizado na recepção de sinais MPEG-2 nos formatos DVB-S/S2, DVB-C / T, ASI e TS/IP, convertendo-os para CVBS, ASI e TS/IP. 
Ele também suporta decodificação DVB multi-canal e BISS.
Com interface web de gerenciamento de rede, esse equipamento é ideal na contribuição e distribuição de conteúdo em grande escala.

 
 

Nano PC-HD e o Nano PC HD ITX. Utilizando a mais recente linha de processadores “G-series”, estes modelos possuem clock de 1.4GHz e 1.6GHz em versões dual core aliados ao chipset gráfico RADEON 6310 ou 6250 incorporado no processador.
Dentre outras funcionalidades, essa placa já possui conversor DC-DC integrado, saída HDMI, LVDS, Mini-PCI Express (Módulo Wifi),e memória SODIMM de até 4GB, tudo isso em uma dimensão de 148 x 116 mm.

 
 

O TS8020 fornece soluções de sincronização com sinais de tempo e freqüência muito precisos e estáveis. O alto desempenho e a arquitetura otimizada são bem adaptados para sincronização do transmissor de Digital Broadcast em modos SFN, ou a sincronização sem fio de BTS (CDMA, TD-SCDMA).
A instalação, status e alarmes são acessíveis através de uma interface Ethernet, através de protocolo SNMP incorporado, ou através da Interface com o usuário WEB.

 
  Conversor de Mídia para sinais digitais no padrão H.264 em HD/SD ou no padrão MPEG-2 em SD, voltado ao uso profissional para TV digital terrestre ou via satélite DVB-S/S2, Remultiplexação Lite RMX ou RMA, com características, performance e confiabilidade compatíveis com as normas internacionais.  
  O TS8300 é um conversor de mídia digital com multiplas entradas e saídas, podendo receber, processar e distribuir diversas fontes de sinal tais como: áudio e vídeo digital em protocolo IP, ASI ou TS; dados digitais tais como Closed Caption, EPG, sistemas criptográficos, chaveamento remoto e tabelas privadas, além de operar como decodificador digital, processador de TS/ BTS e multiplexador de dados com saídas SDI, ASI e IP.  
 

T-Crypt é um sistema de acesso condicional, destinado à proteção de conteúdo em TV digital. Possui um sistema de gerenciamento de assinantes que permite ao operador habilitar/bloquear ID's, criar grupos de ID's e enviar mensagens aos clientes.
Indicado para redes de transmissão via satélite, cabo ou terrestre, sistemas de treinamento à distância, redes corporativas e aplicações dedicadas onde exista a necessidade de proteção do conteúdo.

 
 

O software T-Crypt é um Sistema de Acesso Condicional proprietário Tecsys, que fornece soluções para proteção de conteúdo em TV digital. O equipamento possui um sistema de gerenciamento de assinantes (SMS) que permite ao operador habilitar/bloquear ID's, criar grupos de ID's e enviar mensagens aos clientes. O software T-Crypt é adequado para redes de transmissão via satélite, cabo ou terrestre que desejam proteger o conteúdo transmitido de pessoas não autorizadas a assisti-lo. O software T-crypt consiste em um decodificador (UPlink) e Decodificador (Downlink).

 
 

Up-Converter de 70MHz para banda L de alta estabilidade e baixa emissão de ruído para operações via satélite. Possui largura de faixa de saída de 950 a 1600MHz, com ajuste em passos de 125KHz, sem inversão de espectro e com alta estabilidade e excelente ruído de fase.

 
 

TS9090-ASI/IP é um módulo autônomo de encapsulamento ASI-IP e conversor de pacotes IP para DVB ASI .
Pode ser usado para transmissões unicast/ multicast, suportando fluxos de até 150Mbits com protocolo UDP ou RTP. Possui ainda identificador automático para pacotes de 188 bytes ou TS 204 bytes (inclusive BTS ISDB-T). Com uma interface gráfica de fácil configuração o TS 9090-ASI/IP é a ferramenta completa para integrar links digitais, UpLinks e Headends.

 
 

Codifica sinais de áudio e vídeo em H.264 HD gerando fluxo (TS) de saída no padrão ASI, compatível com a norma DVB e ISDB-T.

Com um algoritimo de altíssima eficiência permite serviços em alta definição e com alta qualidade com taxas inferiores a 4Mbps, permitindo economia em largura de banda, com saída ASI e Ethernet TSoIP.

 
 

Encoder padrão MPEG-2, com entradas de vídeo analógicos em CVBS ou S-VHS, ou entrada de vídeo digital SDI. Display de cristal líquido com informações detalhadas de programação, status e alarmes, além de teclas frontais para programação.

 
 

Multi-Encoder Digital é um equipamento que contempla a funcionalidade de até 4 encoders MPEG-2 e um multiplexador de transport stream para os quatro encoders contidos no equipamento, e mais dois encoders externos através das entradas ASI.

 
 

Codifica sinais de áudio e vídeo em H.264 HD (High Definition) gerando (TS) de saída no padrão ASI (EN50083), compatível com as normas DVB e ISDB-T.

Com um algoritimo de altíssima eficiência permite serviços em alta definição e com alta qualidade com taxas inferiores a 4Mbps, permitindo economia em largura de banda, com saída ASI e Ethernet TSoIP.

 
 

O Quad Processor é um produto capaz de receber até 4 (quatro) sinais UHF/ VHF Digital do ar, e através de um sistema de mixagem de TS, disponibiliza um TS em ASI e IP para serem reutilizados de forma fácil e acessível para qualquer multiplexador. Também é ideal para inserção dos canais ISDB-T no line up das operadoras, possui interface web amigável e capacidade de transmissão unicast, multicast utilizando protocolo UPD ou RTP.

 
 

Equipamento que recebe o sinal ISDB-T e o processa em um formato padrão ASI para remodulação. Utilizado para transmodulação dos sinais do padrão brasileiro de TV digital para a inserção desses sinais em TV a cabo ou satélite, dependendo do modulador utilizado.

 
 

Modulador padrão DVB-S para uso em sistema de TV via satélite de sinais digitais. Duas entradas ASI comutáveis, saída de RF (FI) 70MHz, display frontal com informações detalhadas e teclas frontais para programação.

 
 

Modulador padrão DVB-S/S-2 para uso em sistema de TV via satélite de sinais digitais. Duas entradas ASI comutáveis, saída de RF (FI) 70MHz, display frontal com informações detalhadas e teclas frontais para programação.

 
 

O TS9600 OC é um equipamento capaz de receber fluxo de transporte no padrão BTS conforme ABNT/NBR 15603, convertendo-o para um fluxo TS no padrão MPEG-2. Graças à esse processo, a taxa pode ser reduzida e adaptada para uso em sistemas de transmissão via satélite, links de microondas, conversão IP, processos de criptografia ou ainda a multiplexação com outros fluxos de TS.

 
 

Modulador padrão DVB-C para uso em sistema de TV a cabo. Duas entradas ASI comutáveis, entrada 10MHz (Genlock), saída de RF ágil entre 50 e 850MHz, display frontal com informações detalhadas e teclas frontais para programação.

 
 

Combina os serviços de alta definição (HD), definição standard (SD) e movél (One-Seg), gerenciando e injetando tabelas SI. sendo servidor de dados dinâmicos para Guia Eletrônico de Programação (EPG) e do Carrossel de Objetos para suprir as informações da interatividade prevista no padrão brasileiro de TV digital (SBTVD).

 
 

O processador TS 9600 BTS é um sistema composto de 2 equipamentos Compressor/ Decompressor indicado para transmissão do BTS através de links de microondas, cabo, satélite, fibra ótica ou outros meios físicos, graças à conversão do formato BTS para TS.

 
 

Multiplexador com até 4 entradas digital, interface java (via ethernet) para programação e monitoramento dos sinais de entrada e saída, filtragem de PID's e tabelas, análise dos transportes de entrada (TS) e alarmes programados para perda de sincronismo e overflow.

 
 

Multiplexador com até 8 entradas digital, interface java (via ethernet) para programação e monitoramento dos sinais de entrada e saída, filtragem de PID's e tabelas, análise dos transportes de entrada (TS) e alarmes programados para perda de sincronismo e overflow.

 
 

Destina-se ao uso em sistemas de redundâcia ativa para chaveamento de sinais MPEG-2 e MPEG-4 TS (interface ASI) de redes de transmissão aumentando a confiabilidade do sistema. Pode ser programável de acordo com necessidade específicas tais como monitoração de PID's, chaveamento remoto, operação manual e automático.

 
 

Graças ao software e interface USB o Injetor de Dados é capaz de inserir dados em um TS MPEG-2 para acesso condicional ou transmissão de arquivos, os dados podem também representar (DVB) ou PID's privados.